Conversando com uma mãe

“Não tem nada mais gratificante de que após um dia cansativo receber um sorriso e um carinho de uma pessoinha tão amável”. Afirma mãe entrevistada.



Amanhã já é o dia das mães e eu queria preparar uma publicação aqui com o tema. Conversei com uma jovem-quase-adulta sobre o assunto e ela me passou muitas informações bastante relevantes, principalmente para quem quer ser mãe ou para quem já é. Abaixo você encontra um trecho da nossa conversa em que ela afirma que ser mãe tem “pontos positivos”, você não precisa se estressar tanto com esse fator, porque na verdade é amável ser mãe.

Diz ela: “Quando descobri a minha gravidez, foi um misto de alegria e tristeza, pois me encontrava em uma situação complica, e para muitos considerada jovem para ser mãe, tive medo das reações dos nossos familiares. Não foi uma gravidez planejada, mas muito amada. Me surpreendi com minha família que me deu apoio desde que descobriram, com a família do meu parceiro não foi diferente. De certo que nossas vidas viraram do avesso, mas um avesso cheio de alegria, claro as nossas despesas aumentaram, mas nada que não pudéssemos arca. Enfim a minha relação com a minha filha e de amor total, não tem nada mais gratificante de que após um dia cansativo receber um sorriso e um carinho de uma pessoinha tão amável.”.

Como mostrado no trecho acima, a gravidez na adolescência, ou em outras palavras “gravidez cedo” aquela que vem sem preparo algum podem acarretar nos alguns prejuízos, mas podemos lidar com eles, como afirma a mãe: “Não foi uma gravidez planejada, mas muito amada.”.

Todo amor de mãe se resume em toda essa simplicidade que eu gostaria de passar para vocês. Faça do dia das mães o melhor dia, para você mãe e para a sua mãe. Não lhe custa nada alguns mimos nesse dia não é mesmo, até porque amor de mãe não se mede.


*Fonte da Imagem: (clique aqui).

Nenhum comentário:

Postar um comentário