Da próxima vez , não vá



 
Foto: We Heart It (Eu perdi meu sorriso)

Eu sempre fui mais uma daquelas pessoas que pensam que morrer vai acabar com todos os nossos problemas. Eu sempre vivi sozinho, nas plenitudes da vida e ainda mais nunca tive com quem contar, a não ser com minha mãe. Após eu ter saído de casa por uma noite ela me ligou quase chorando para me perguntar que horas eu estaria de volta em casa, e eu não queria deixa-la preocupada, mas também não queria ser o mesmo de sempre que dava toda a satisfação aos pais.


Meu pai sempre teve medo de que eu me revoltasse, contudo e me mata-se, mas passei a jurar para ele algo que seria inevitável de não acontecer, comecei a falar pra ele “que não iria morrer”. Um amigo do meu primo havia me ligado para avisar que meu primo estava completamente bêbado e muito fora de si e eu tinha que fazer algo. Peguei a moto e fui em direção à boate de festa em que ele estava, no entanto havia uma ambulância parada logo em frente. Nesses momentos a gente pensa de tudo, mas nunca o melhor.


Aproximei-me como quem estava muito preocupado e vi-o dentro de um saco preto, ou basicamente eu teria achado que fosse ele. Toda aquela movimentação só estava me deixando cada vez mais nervoso, e eu não queria esta ali, sem muito acontecer mais nada, comecei a me derramar em lágrimas, mas foram lágrimas que se passaram ao decorrer de 3 semanas muito longas em que sofri com seu luto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário