AMOR DE SANGUE

Fonte: We Heart It


Conheci-te quando você se mudou aqui para a cidade e, no entanto eu nem sabia que éramos primos, claro é apenas uma consideração por você ser adotado e viver com a minha tia, então eu acreditava que seriamos primos e apenas isso, nunca acreditei nessas relações de teste que muitos primos fazem apenas como experiência, mas para mim têm que ser verdade e não teste.

A cada dia que se passava brigávamos muito, você via defeitos em mim a cada segundo e eu procurava sempre ter certa distância, porém não conseguia aguentar você focando e falando dos meus erros para todo mundo. Passei a tentar me distanciar de você de maneira brusca e ainda assim foi difícil até eu conversar com uma amiga minha.

Minha amiga tentou de todas as formas me explicar que ele não caçava conversa comigo por mal ele apenas tinha um apego muito grande e forte comigo e ele apenas faria o possível para se aproximar o quanto pudesse de mim. Fiquei confusa e calada por 2 minutos e ela falou “ele te ama e pronto” e eu me deixei por ainda calada e saí.

Poderia eu viver isso, algo de sangue, uma relação de “quase parentes”, a única coisa que eu sabia era que precisava esclarecer algumas coisas com ele então peguei minha bolsa e fui a casa dele para conversarmos, sentamos e o perguntei: “Você gosta mesmo de mim?” sua resposta foi breve e isso me foi de suficiente para concluir que a teoria da minha amiga estava correta.

Lembre-se de curtir nossa página para acompanhar frases e textos todos os dias rodando na sua timeline <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário