TERMINEI PARA O (SEU) MEU BEM



Sabe quando você pensava que as coisas iriam dar certo mesmo você remando pelo contrário, então deixa eu te esclarecer uma coisa antes mesmo que você comemore vitória adiantado, eu não sou e nem nunca fui escrava de ninguém, acredite ou não nem meus pais me tratavam como escrava eles pediam minha ajuda e me ajudam a decidir algumas coisas até que eu estivesse certa do que eu queria e hoje eu estou certa que quero terminar contigo.

Para começar eu comecei esse relacionamento buscando conhecer pessoas diferentes e eu esperava que você pudesse ser uma ótima oportunidade de me jogar logo de cara no que é novo, mas a verdade é que as coisas não são bem assim. Você prefere sair com seus amigos na sexta e me deixar em casa e eu não curto nada disso, fico quase uma semana inteira esperando um dia para descansar e sair dessa rotina pertinente e você quer me retirar esse gosto.

Não nasci para isso, eu nasci para viver independente da opinião dos outros, eu quero ser feliz poxa e que para isso eu nunca esteja dependendo de nenhum homem na minha vida, ninguém precisa depender de ninguém para ser feliz, as pessoas não podem optar pelo que uma pessoa deve ou não fazer e é exatamente por isso que eu quero “desapegar”, vai fazer o que você quer, que da minha vida cuido eu.

Desapegar quase nunca é fácil, mas não vamos fazer disso um bicho de sete cabeças por favor. Já lidei com situações muito piores, com namorados muito mais difíceis de diálogo, sei que você ao mínimo vai tentar entender meu lado. Já não quero mais soluções para nossa relação, já se passaram 10 meses e nada mudou então por que mudaria agora?

Você é feliz do jeito que é só que eu não sou feliz desse teu jeitinho, o que significa que eu ainda não me encontrei e um dia eu vou não se preocupe. Essa solução que você tanto quer para nós dois pode me deixar de bem, mas você não vai se sentir da mesma forma e eu não gosto disso se for para ficarmos juntos que sejamos harmônicos entre si.

 *Imagem Retirada do We Heart It     

Nenhum comentário:

Postar um comentário