Autoconfiança, você conserva a sua?



Todos temos algo que pertinentemente nasce dentro de nós e a partir daí temos que conservar, mas em alguns casos adquirimos coisas ou aprendemos a ter. Hoje vamos falar sobre “autoconfiança”, você conserva a sua todos os dias ou apenas quando necessita dela?

Em uma consulta ao psicólogo para tratarmos de alguns problemas pessoais ela tocou no assunto comigo sobre “conservar autoconfiança”. Fiquei totalmente em vácuo por que autoconfiança é algo que eu me exigia em “alguns momentos”, sendo eles necessários ter persistência.

A profissional começou a me explicar que:
“Temos que ter autoconfiança em nós mesmo sempre que possível, no caso todos os dias. Quando não temos autoconfiança é como se não houvéssemos fé, não estivéssemos crendo que somos capazes de concluir algo ou alguma tarefa em específico”.
Em primordial a nossa conversa ela explicou:
Nossa autoconfiança tem que surgir amplamente para satisfazer a nossa vontade, nada de querer auto confiar em si em busca de se aceitar ou de agradar alguém”.
Conservar a confiança não é uma tarefa difícil, você tem que confiar em você, como diz um famoso ditado: “aponta para a fé e rema”.

Quantas vezes você não fica nervoso antes de apresentar um trabalho na faculdade ou ao ter que falar sobre aumento com seu chefe, quando temos confiança vamos em busca de fazer o que queremos e com total segurança de que vamos conseguir e que somos altamente capazes de concluir o que desejamos.


Quando concluímos uma tarefa que em nossa mente é considerada impossível no final fazemos uma reanalise e vemos que a mesma não era complicada, apenas não acreditávamos em no nosso potencial, certo?

*Imagem: We Heart It

Nenhum comentário:

Postar um comentário