PEQUENAS VOLTINHAS QUE O MUNDO DEU



Eu juro ter tentado ir te buscar, mas você estava longe demais. A cada momento que eu caminhava rumo a ti minhas pernas lacrimejavam. Eu não sabia mais que decisões tomar, eu estava dividida entre viver feliz e satisfazer minha felicidade. É confuso, não é?

Eu me arrisquei. O sofrimento que me veio em seguida foi muito grande não tem como descrevê-lo. Uma dor bastante forte que não apresenta sinais de passagem, minha dor era basicamente isso.

Depois de dois dias eu voltei para tentar a sorte contigo, mas você havia ido embora. Não adiantava mais chorar, esperar e muito menos lutar novamente por ti. Não é desistir é ter consciência de que não adianta mais ir além com isso. Então por isso eu parei, mas já estávamos no fim.

Ainda sem acreditar nas voltas que o mundo dá eu comecei a chorar. Entrei para o meu quarto e sentei-me sobre minha cama. No momento em que eu deitei ainda estava bem, depois que senti a falta do seu perfume naquele quarto me entristeci plenamente. É real essas voltas. Um dia você tá bem e no outro você está chorando no quarto tentando se alimentar de músicas superacionais.


*Imagem: We Heart It

2 comentários:

  1. Mateus aqui Stella Nossa amando seus poste , vontade de fica aqui o dia todo !!! apaixonei

    ResponderExcluir