HOMENS POSSUEM SENTIMENTOS?



Não é brincadeira! Homens, garotos, jovens, crianças, todos têm sentimentos acredite. Essa semana enquanto estava saindo do supermercado me deparei com uma senhora de rua pedindo-me esmola. Logicamente eu dei alguns trocados pra ela. Alguns minutos depois um rapaz, que aparentemente tinha 19 anos chegou próximo da senhora que estava sobre o chão e deu-lhe uma nota de R$10. Atitudes como essas não são notadas pela sociedade em questão.

Todas as mulheres, ou pelo menos uma grande parte delas, tem uma opinião formada sobre nós (rapazes). Para elas uma coisa que pode definir um homem longe de qualquer coisa é um “rabo de saia”. Isso é mentira? Não, mas nem todos são imaturos a se doar a qualquer rabo de saia e as mulheres ou sociedade não conseguem ver isso.

Não se pode perder a esperança numa espécie humana importante. Por que acreditem, homens e mulheres são importantes. Ambos os dois realizam trabalhos incríveis no dia-a-dia, por mais que alguns na maioria das vezes ganham maior viabilidade que o outro.

Aquela história de que o namorado vai até a casa da menina, a pega e corresponde aos pais dizendo que a vai trazer em determinada hora já quase não existe mais. O fato dos homens se adaptarem ao mundo em questão  globalização permitiu a sociedade criar diversas explicações para o seu incorrespondimento amoroso, e vamos combinar uma coisa, ficar indo na ideia dos outros já está bem ultrapassado.

NO CHAT:

Gabriela: Eu namorei por 2 anos com o Samuel e foi ótimo. Passamos por muitas questões sociais, discursões, brigas sem fim. Algo existia entre nós que nos fazia com que reatássemos nosso amor, o hábito do diálogo. Quando começamos a brigar no primeiro mês de relacionamento vimos que como consequência terminaríamos bem rápido, foi quando sentamos sobre a mesa e decidimos esclarecer algumas coisas e tomar algumas decisões sobre a nossa relação.

Mateus: Mas como você fez isso?

Gabriela: Não é fácil ficar lidando com rapazes, você tem de se esforçar para pensar igual a eles para que se entendam e entrem num consenso. Comecei falando sobre tudo o que estávamos passando e o quanto eu não queria perde-lo e foi aí que vi em seu olhar, palavras e atitudes que ele tinha sentimentos. Para mim homem é tudo igual, basta ver uma menina bonita que já fica cantando ela. Quando entrarmos em acordo vi o quanto ele estava feliz em estar comigo e confiei nele para que não se abalasse com rabos de saia, mas sabe como é né?

Mateus: Mas homens realmente gostam de um rabo de saia. Você tem certeza que ele vai ficar bem, sem cantar uma mulher nem nada?

Gabriela: Eu confio nele da mesma maneira que ele confia em mim. Sei que ele vai fazer o possível para não se abalar, mas ele vai. Não me importo que ele se abale, ache bonita nem nada do tipo, contato que ele não me traia e me ache tão bonita quanto ela eu fico bem.

Mateus: Diálogo longe de tudo é a chave para uma ótima relação?

Gabriela: No meu caso foi, pode ser que na de outra pessoa não seja. Não existe um padrão para relacionamentos e como mantê-los. A gente precisa confiar, achar nossos encaixes e valorizar o sentimentalismo do nosso parceiro.

Mateus: Você terminou com ele depois de dois anos?

Gabriela: Sim, nós terminamos em 2012. Eu havia passado na faculdade de Direito e era em outra cidade. Meus pais me ajudarão muito e eu também já estava guardando um dinheiro para a faculdade. Terminamos por que eu precisava ir e não que não quiséssemos ficar juntos. Vira e mexe eu lembro do nosso relacionamento e o quanto ele me amava.

Mateus: Você não magoou os sentimentos dele?

Gabriela: Todos ficamos mal com isso, mas ele ficou bem mais, por isso tomei maior cuidado com as palavras no dia que nos vimos pela última vez. Expliquei para ele em detalhes e ele queria até manter um relacionamento a distância, mas essa coisa na maioria das vezes não rola sabe? Então terminamos.


Homens tem sentimentos acreditem, nos magoamos com atitudes imaturas sim, por mais que nossa espécie as vezes não demonstre isso.



*Imagem: Pinterest

Nenhum comentário:

Postar um comentário