POR TRÁS DO CELULAR VOCÊ ME AMA?

Relacionamentos do século XXI


Alice está online.
Alice: Tadeu, tá aí?
Tadeu: Tô.
Alice: A é, você sempre está.
Tadeu: Por quê?
Alice: Estava aqui pensando se você não quer ir no cinema?
Tadeu: Cinema? Hoje? Por que não baixamos um filme e assistimos aqui em casa?
Alice: Eu quero sair, ir ao shopping, cinema, sei lá.
Tadeu: Chama suas amigas, elas vão adorar ir.
Alice: Tadeu, eu quero ir contigo.
Tadeu: Mas amor, pra que gastar dinheiro com cinema quando podemos assistir em casa?
Alice: Você não acha que já tá bem dependente das tecnologias não?
Tadeu: Nem um pouco. Eu apenas faço uso dela como qualquer outro.
Alice: Eu acho que qualquer outro aceitaria ir ao cinema comigo.
Tadeu: Você quer mesmo que eu vá?
Alice: Eu já nem quero ir mais, fiquei cansada disso.
Tadeu: Você não quer vir aqui em casa?
Alice: Pra?
Tadeu: Sei lá, jogarmos um jogo no X-Box.
Alice: Jogo? Jogo? É isso mesmo?
Tadeu: Se você quiser.
Alice: Não eu não quero, eu queria você de verdade.
Tadeu: Mas você me tem de verdade.
Alice: Não, eu te perdi pra tecnologia.
Tadeu: O quê?
Alice: É isso mesmo. Você não me liga mais, só manda mensagem. Não me compra mais nada. E no dia dos namorados eu tive de implorar-te umas 2 horas para que fossemos sair. Eu não sei o que significa amar pra você.
Tadeu: Ah Alice eu te amo, para de drama.
Alice: Drama? É, pode até ser, mas eu quero saber de você.
Tadeu: Saber o que?
Alice: Se aí por trás do celular você me ama?
Tadeu: Eu a amo muito.
Alice: Você passa mais tempo pensando em como vai ganhar uma batalha num jogo virtual do que qual filme podemos ver juntos na sexta à noite.
Tadeu: Isso é coisa de menina.
Alice: Eu preferia mil vezes os relacionamentos do século XX, pelo menos eles se amavam muito naquela época.
Tadeu: O que eu preciso fazer para que fique claro que eu te amo?
Alice: Me amar. Esquece esse celular um pouco, parece que você me ama apenas quando está com ele.
Tadeu: Isso não é verdade, para.
Alice: Você faz textos gigantes de amor, mas na real copia tudo de outros sites.
Tadeu: Na verdade não. Eu demoro tempo escrevendo aqueles textões que você vê por que faço questão de demonstrar afeto da minha maneira.
Alice: Como você pode provar?
Tadeu: Será que eu preciso?
Alice: Pensando bem esquece.
Tadeu: Eu te amo independente de um estar ou não usando um celular.
Alice está offline.


*Imagem: Pinterest

7 comentários: