Preciso entender que acabou



Minha maior vontade nesse momento está sendo deitar sobre o sofá da sala e tomar um copão de chocolate quente. Quero esquecer cada vírgula que me permiti escrever sobre nós dois, porque acabei vendo que no meio da história o sentido é incerto. Por mais que eu tente eu não consigo, me pego todos os dias passando do seu lado e sentindo teu calor, não me é suficiente aguentar tudo isso, me é suficiente te ter comigo, mas isso não será possível.

Como esquecer aquele tom de cabelo que só você tem e como tentar investir sabendo que uma das minhas amigas também está afim de você. Eu não sou inteligente o suficiente para responder todas essas perguntas e também não sou tão forte assim para conseguir aguentar tanta dor. Se nossos hobbies não fossem tão parecidos eu daria um jeito de não te encontrar, mas em cada verso de sua personalidade eu encontro o encaixe da minha vida. É como se a peça que faltava em você fosse eu.

Agora pare. Por um minuto eu paro e vejo que o caminho está cheio de espinhos e que para ficarmos juntos eu terei de ser forte para lidar com cada um deles. Não quero acreditar no que eu não posso ter, mas não quero me arriscar e acabar no final impactada com uma consequência. Estou preferindo desistir de nós.

Esse “nós” já deixou de existir há muito tempo. Infelizmente eu o prolonguei na minha vida, mas para você não se passou de apenas mais um final. Talvez finais fossem necessários para que de fato possamos se prostra a escrever novos versos sobre outras pessoas, outros relacionamentos. A maior das circunstâncias que me doía era ver que minha amiga também gostava de você, mas se vocês estão bem juntos o máximo que posso tentar é ficar feliz por vocês. Minha cara metade ainda não chegou.


*Imagem: Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário