Quebrando MEU SONO



Sábado minha amiga me ligou e eu estava dormindo (sono da tarde) e falando sério: preciso desligar meu celular durante as tardes, é o período que mais recebo ligações e o que eu quero é apenas dormir. Enfim, passou. Minha amiga me ligou me chamando pra ir no coral da igreja. A gente já tinha participado da seleção de vozes e tals, mas ela queria participar dessa vez era do ensaio.

Quando a gente chegou lá ela não queria entrar sozinha e eu não queria entrar, mas eu estava com sede, então entrei só pra tomar água (sou desses). Ela entrou logo atrás de mim, já tinha uma galera no palco ensaiando e a gente ficou tipo: "Acho que você foi desclassificada." Depois ela me chamou pra ir embora o quanto antes e aí a gente saiu como dois estranhos que apenas estavam com sede, meio louco né mais é real essa história.

A gente estava de bike, na verdade a bike era da avó dela e a gente tinha pegado emprestado porque nela tinha garupa e dava para andar nós dois. Na volta a gente foi caminhando, quando chegou na esquina da casa de uma amiga minha ela falou: "Vamos ali pra passar o tempo." e adivinha? Nós fomos.

Paramos em frente à casa de um certo alguém que não conhecíamos e bolamos o maior plano para bater na porta. Na verdade, eu conhecia e ela não, mas ela que iria bater na porta então o probleminha passou a ser dela. Minha amiga cheia de vergonha não bateu então continuamos andando, na verdade eu pedalando e ela de boas na garupa.

Tem um parque na direção do caminho que a gente escolheu pra ir pra casa, a gente ficou se perguntando se deveríamos parar lá ou não porque estava um mormaço de chuva. Mas fui convencido a ficar alguns minutos, os minutos suficientes para cair um pé d'água.

Nos molhamos à beça, foi legal não me arrependo desse dia sabe? Foi bem aventureiroPegamos chuva, passamos um papelão na igreja e depois ficamos conversando sobre os babados da vida por alto. Nesse dia nós nos abrimos um com outro e passamos a confiar ainda mais um no outro. Gostaria de continuar em casa dormindo, mas acabou que ela me ligou pra sair. O que uma ligação nos proporciona passar hein?

Quando cheguei em casa apenas fingi que nada havia acontecido, disse que fiquei esperando ela enquanto ela cantava muito lá no palco, quando na realidade nem no palco ela havia pisado (opa!). Vamos pular pra próxima porque essa história é só pra não se perder. Vem replay do dia 11/02 (mentira, não vêm não, porque eu quero é dormir).

Nenhum comentário:

Postar um comentário