Um beijo, um segredo



Já passei demais por essas enganações que também chamamos de enganos, mas, no entanto eu passei a achar que já não erram mais erros e sim persistências. Foi muito resultante e rápido. Eu havia terminado com “...” já fazia duas semanas e como sempre, fiquei mal por alguns dias e comecei a acreditar que não ia mais dar certo com ninguém mal sabia eu que ninguém é igual a ninguém.
Na verdade eu sabia sim, mas como sou mais um daqueles adolescentes que costumam assistir seriados juvenis eu não queria aceitar mesmo tendo totalmente 100% de certeza que estava enganado. Eu costumo dizer a mim mesmo que términos são uma das partes saudáveis de um relacionamento, mas determinados términos soam como rancores e magoas deixada por alguma ação feita.
Somos extremamente perdidos no mundo. Você já nem sabe quem sou eu, mas estudamos juntos à 4 anos atrás quando você ainda tinha um cabelo meio zuado, hoje você está diferente, mas ...
Contudo, eu já não queria criar esperança alguma nem com você e nem com ninguém, mas, no entanto você conspirava para que tentássemos, mas teria que ser em segredo. Você é suave e consegue esconder um amor por trás de um pano, e eu não.  Foi algo bem passageiro e eu fui, mesmo que te beijar foi sentir que você já esteve ali comigo por um tempo, mas não tinha percebido.

Você conseguiu. Convenceu-me que foi apenas um beijo e fiz com que fosse apenas um beijo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário