Ela me falou de você

Foto: Reprodução/We Heart It

Somos todos frágeis quando falamos de amar né? Juro-te que eu tinha acabado de superar mais um daqueles relacionamentos rápidos de duas semanas quando eu já estava bem, sem frio algum nos dias ruins e chegou até mim uma amiga para me dizer a respeito de ti. Eu acreditava que te conhecia de algum lugar, mas, no entanto não fazia a mínima ideia. Não conseguia lembrar nem uma vírgula se já havíamos ficado juntos ou se já tínhamos sido amigos, mas eu sabia que ia me arriscar dessa vez.

Como minha turma de química é bem cheia era uma probabilidade de 90% de que não iriamos ser pares nos experimentos, mas como a professora não havia separado os grupos ainda eu acabava acreditando que poderia acontecer. Sou um tipo de pessoa que gosta de acreditar mesmo sabendo que a resposta seja não e ainda houver 1% de probabilidade eu acredito que pode dá certo.

E não é mesmo que deu. Quase deu. Consegui que fossemos colegas de química nos experimentos, mas acabei descobrindo que você já tinha sido o eterno amor de uma das minhas melhores amigas. Fiquei mal sem reação alguma e com uma plena resposta na cabeça de que não ficaríamos juntos e pronto sabe? Não era nenhuma decisão já tomada, mas eu sabia que seria difícil de seguirmos adiante com isso, deixei que o tempo vos guiasse e ele fez guiar.

É bem difícil falar que você roubou um beijo de mim. Eu confesso não fazer nada para impedir e tentei até explicar depois que não iria dar certo, mas ele já estava ali me olhando com seu olhar vibrantemente meio claro. Digamos que eu seja bem rude para considerar o olhar de uma pessoa bonito e passei a considerar-te assim. Isso foi apenas por dois dias, não pude deixar que seguíssemos adiante e você bem que disse que por mim mudaria, mas será que mudaria mesmo?



Nenhum comentário:

Postar um comentário